"As regras aplicadas ao Avante! eram secretas e ninguém sabe porquê"

Miguel Sousa Tavares abordou no Jornal das 8 desta segunda-feira a realização da festa do Avante! sob três ângulos: a atuação da DGS, do Governo e do próprio PCP. 

Diz que a DGS esteve mal, que o Governo quis usar a festa do Avante! para chamar o PCP às negociações do Orçamento e concluiu que o partido vai perder votos e prestígio por realizar a festa em tempo de pandemia. 

Sobre "Jornal das 8"