Atraso nos aumentos dos médicos e enfermeiros: “Revela uma desconsideração pelos profissionais”

Jorge Roque da Cunha, secretário-geral do Sindicado Independente dos Médicos, garante que a “falta de profissionalismo” que motivou o adiamento dos pagamentos dos aumentos a médicos e enfermeiro devido a um atraso informático “revela uma desconsideração pelos profissionais que estão na boca do lobo a combater a pandemia”.

Sobre "Notícias"