Autocarro do Benfica ficou assim após ser atacado na A2

O autocarro do Benfica foi atacado na A2 quando se dirigia ao Seixal, depois do empate caseiro diante do Tondela.

Segundo foi possível apurar, o incidente deixou feridos dois jogadores encarnados: Weigl e Zivkovic, este último com ferimentos num olho, depois de ter sido atingido por estilhaços do vidro em resultado do arremesso de pedras.

Refira-se ainda que os atletas começaram por ser assistidos na academia do Benfica, no Seixal, mas foram depois transportados para o Hospital da Luz, em Lisboa.

O autocarro era acompanhado por três batedores da GNR, mas o ataque terá sido feito a partir de uma ponte, o que não permitiu que fosse identificado o autor ou autores do arremesso dos objetos que atingiram a viatura.

Ainda assim, fonte policial adianta que há suspeitas de que o ataque tenha sido feito realizado por elementos afetos à ala mais radical da claque No Name Boys, do Benfica.