Basílio Horta fala em investimento "muito grande" para retirar o amianto das escolas

Docentes e não docentes juntaram-se ao sindicato STOP, Sindicato de Todos os Professores, para protestarem contra presença do amianto nas infraestruturas escolares. A manifestação concentrou-se junto à Câmara Municipal de Sintra. O autarca do concelho, Basílio Horta, afirma que a remoção do material requer um custo estimado em 24 milhões de euros.

Sobre "Jornal da Uma"