Bebé que nasceu de mãe em morte cerebral está bem de saúde

Durante quatro meses, Sandra Cristina, grávida, em morte cerebral, foi artificialmente mantida viva para que o nascimento do filho pudesse acontecer. Foi um parto inédito em Portugal, no Hospital de S. José, e muito raro no mundo.