Beirute: o "barril de pólvora" que tinha ligação a Portugal

A explosão na capital do Líbano, de 2.750 toneladas de nitrato amonio, tem origem numa encomenda feita pela fábrica de explosivos de Moçambique em 2013. É aqui que há uma ligação a Portugal. A fábrica, com sede no Maputo, pertence a uma empresa portuguesa, mas a carga, que partiu da Georgia, nunca lá chegou

Sobre "Jornal da Uma"