Bolívia: Morales abandona a presidência e diz ter sido vítima de "golpe cívico"

Contestado nas ruas e pressionado pelos militares, demitiu-se o presidente da Bolívia.

Evo Morales diz ter sido vítima de um "golpe cívico" e garante que há um mandado de detenção contra ele, mas as autoridades negam. 

Sobre "Jornal da Uma"