Bombeiro que ateava fogos condenado a quatro anos de prisão

Tribunal de Coimbra decretou que a pena fica suspensa e o jovem bombeiro terá acompanhamento psicológico nos próximos 4 anos

Sobre "Jornal da Uma"