Paulo Portas e Miguel Sousa Tavares discutiram a situação política que se vive no Reino Unido. O comentador da rúbrica "Global" da TVI considera que  Boris Johnson é uma pessoa instável, que muda de opinião com muita velocidade”, mas que pode revelar-se uma surpresa, por poder vir a ser "o primeiro-ministro mais culto da Europa", bem diferente de Trump. Já Miguel Sousa Tavares afirma que "Boris Johnson é um inimigo intelectual e político declarado da Europa e isso é tão estranho hoje em dia como ser Marxista".