Boris Johnson volta a afirmar que não vai pedir um adiamento do Brexit

O primeiro-ministro britânico reiterou que quer uma saída com acordo, mas que vincou que, se for necessário uma saída sem acordo, vai optar por essa via