Brasil aceita receber refugiados afegãos "cristãos, mulheres, crianças e juízes"

Jair Bolsonaro foi o primeiro líder de um país a intervir na 76ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, que começou esta terça-feira, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, e quis mostrar o que chamou de “novo Brasil”, desde que chegou ao Governo. Jair Bolsonaro, é o único líder presente em Nova Iorque que não vacinado, e no final do discurso, abordou o tema da pandemia. Antes falou sobre o Afeganistão e a posição do país em acolher refugiados

Sobre "Notícias 24"