Brexit adiado... outra vez

O primeiro-ministro britânico formalizou, este sábado, junto do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, o pedido de um novo pedido de adiamento do Brexit para 31 de janeiro, quando o prazo terminava a 31 de outubro.

Boris Johnson enviou três cartas a Donald Tusk sobre o adiamento da data da saída da União Europeia, com posições distintas.

Sobre "Notícias"