Bruno de Carvalho diz que jogadores pediam ajuda às claques quando saíam à noite

Bruno de Carvalho foi ouvido esta sexta-feira no Tribunal de Monsanto e afirmou que o que se passou em Alcochete foi um "crime hediondo".

O antigo presidente do Sporting referiu ainda que quando jogadores, como William de Carvalho, saíam à noite apesar de não poderem, pediam ajuda à claque quando existiam problemas.

Sobre uma possível condenação, Bruno de Carvalho indica ainda que se fosse condenado seria o "criminoso mais imbecil do mundo".

Sobre "Notícias"