Bruxelas: "De um momento para o outro, vi uma chama a vir para o meu lado"

André Pinto, motorista de autocarros, estava no metro de Bruxelas quando se deu a explosão. O português ficou ferido numa perna e perdeu a audição no ouvido direito