Bruxelas: o testemunho de um português que sobreviveu aos ataques

André Pinto estava na carruagem seguinte aquela onde o suicida se fez explodir em Maelbeck. Hoje, o emigrante português regressou ao hospital para tratar os ferimentos causados pela explosão. Uma reportagem dos enviados da TVI a Bruxelas, Margarida Martins e Miguel Bretiano