Cada vez maior a ameaça de uma segunda vaga de Covid-19 na China

É cada vez maior a ameaça de uma segunda vaga do novo coronavírus na China.

O epicentro é o maior mercado da capital, Pequim, onde foram registados cerca de 70 novos casos em apenas quatro dias: é o maior aumento que a China identifica desde fevereiro.

Vários bairros de Pequim estão agora confinados para conter contágios da doença-

Sobre "Jornal da Uma"