Cancro da cabeça e pescoço mata em média três portugueses por dia

Todos os anos são diagnosticados 3 mil novos casos de cancro da cabeça e pescoço em Portugal. Cerca de 60% dos doentes são diagnosticados numa fase avançada e com uma esperança de vida de apenas cinco anos. Em fase inicial, a probabilidade de cura é de 90%. Por isso, a prevenção é fundamental. Ana Castro, presidente do grupo de estudos de cancro de cabeça e pescoço, foi convidada do Diário da Manhã desta quinta-feira

Sobre "Diário da Manhã"