Cão ataca dono até à morte em Porto de Mós

Um homem de 55 anos morreu esta quarta-feira na sequência de um ataque extremamente violento do seu próprio cão, na marinha da mendiga, em Porto de Mós.

O cão, um rafeiro alentejano, foi levado para o canil municipal.

A Polícia Judiciária foi chamada ao local, mas todos os indícios vão de facto no sentido de atribuir a morte aos profundos ferimentos causados pelo animal.

Sobre "Jornal da Uma"