Caso do furto das glocks da PSP: “Foi fácil acusar uma pessoa”

O antigo agente e responsável pelo armeiro da PSP, Luís Gaiba, é o principal arguido do processo do furto de glocks da PSP.

O advogado do arguido garante que investigação foi “um bocadinho parca” e que “foi fácil acusar uma pessoa”.

Sobre "Notícias"