Caso EDP: defesa considera investigação como " incompetente e persecutória"

A defesa de António Mexia e João Manso Neto já contestou a proposta de alteração das medidas de coação do Ministério Público.

Considera a defesa que a investigação dos últimos oito anos foi "incompetente e persecutória".

Sobre "Jornal das 8"