Caso EDP: “Há limites para o que é admissível e a morte cívica de uma pessoa é a bomba atómica”

Lobo Xavier não entende o que justifica o afastamento de António Mexia e Manso Neto dos cargos na administração da EDP e EDP Renováveis.

O comentador da TVI considera que não foi considerada a presunção de inocência dos arguidos e não percebe como foi possível aplicar esta medida de coação uma vez que a EDP e EDP Renováveis não prestam qualquer serviço público.

Sobre "Circulatura do quadrado"