Centros de atividades ocupacionais vão reabrir mais de dois meses depois

Milhares de pessoas com deficiências vão regressar aos centros de atividades ocupacionais depois de terem estado mais de dois meses confinadas.

Os profissionais destas instituições assumem que em determinados casos será difícil cumprir as regras de segurança, como a utilização de máscara ou o distanciamento social.

Sobre "Jornal da Uma"