CGTP elege Isabel Camarinha para substituir Arménio Carlos

Arménio Carlos atingiu o limite de idade para conduzir os destinos da central, cedendo o lugar a Isabel Camarinha. Em declarações à TVI, a primeira mulher a dirigir uma central sindical no país diz que as prioridades são as de sempre: a defesa incessante dos direitos dos trabalhadores.

Sobre "Jornal das 8"