«Charlie Hebdo»: atiradores sabiam quem queriam matar

10 trabalhadores do jornal satírico e dois polícias foram mortos