Chefe da máfia calabresa apanhado no Hospital de S. José

Francesco Pelle, de 44 anos, que era procurado pela polícia italiana desde 2007, altura em que foi condenado a prisão perpétua pelo crime de homicídio, foi traído pela covid-19, que o obrigou a deslocar-se a um hospital da cidade de Lisboa, onde vivia escondido.

Sobre "Notícias"