China acusada de censura em motor de busca da Microsoft

Faz 32 anos que se deu um dos maiores massacres da história contemporânea, na Praça Tiananmen. 
Há várias imagens da atrocidade do regime chinês nesse dia 5 de junho, mas há uma que ficou retida na memória de todos: o homem do tanque. No entanto, desapareceu do Bing, o motor de busca da Microsoft.

Sobre "Jornal da Uma"