Filipe Duarte. Morreu "um ator excecional, que recusou sempre um pingo de maquilhagem na tela"

A comunidade artística portuguesa está em choque com uma morte inesperada. O ator Filipe Duarte morreu esta sexta-feira, vítima de um enfarte de miocárdio. Tinha 46 anos e era considerado por muitos um dos mais talentosos da sua geração.

O ator José Wallenstein recorda-o como "um ator excecional, que recusou sempre um pingo de maquilhagem na tela".

Sobre "Jornal das 8"