CML admite que enviou dados de ativistas russos

Fernando Medina já veio a público pedir desculpas e diz que se tratou de um "erro lamentável"

Sobre "Jornal da Uma"