Coleção Miró pode mesmo ficar no Porto

A coleção Miró, que pertencia ao antigo BPN, poderá mesmo ficar no Porto. É essa a vontade do Governo e também do presidente da Câmara do Porto.