Fogo continua a lavrar "numa zona complicada", de acordo com o jornalista da TVI António Pereira Gonçalves, mas parece estar a perder a força.