Comportamento exemplar dos madeirenses permitiu alívio das restrições

A partir de 1 de julho passa apenas a ser obrigatório a apresentação de teste rápido antigénio negativo à covid-19 para entrar na Madeira, realizado até 48 horas antes da viagem, em substituição do PCR, anunciou hoje o Governo Regional.

Sobre "Jornal da Uma"