Concurso para guardas florestais proíbe grávidas e portadores de VIH

Grávidas e portadores de VIH não podem concorrer ao posto de guarda florestal. A Federação Nacional dos Trabalhadores em Funções Públicas defende que as regras são discriminatórias e inconstitucionais.