Condutor que atropelou peregrinos condenado a 6 anos de prisão

O condutor que atropelou mortalmente cinco peregrinos, em Coimbra, foi condenado a seis anos de prisão efectiva. O colectivo do Tribunal de Coimbra deu como provados cinco crimes de homicídio por negligência grosseira e quatro crimes de ofensa à integridade física.