Constâncio sobre empréstimo da CGD a Berardo: "Não tenho memória de nada assim”

Há novidades no caso das dívidas de Joe Berardo que implicam diretamente Vítor Constâncio. O antigo governador do Banco de Portugal autorizou a Caixa Geral de Depósitos a emprestar 350 milhões de euros ao empresário para comprar ações do BCP. A TVI teve acesso a documentos que provam que o Banco de Portugal sabia das condições do crédito do banco público à Fundação Berardo e deu luz verde à operação. Vítor Constâncio reagiu no Twitter dizendo não se lembrar desta operação.