Consumo de antidepressivos duplica numa década em Portugal

O consumo de antidepressivos em Portugal duplicou numa década. E nos primeiros 5 meses do ano, o que já inclui o período de confinamento, foram compradas mais 248 mil embalagens de antidepressivos do que em 2019.

Mas esta tendência de aumento é acompanhada de uma queda no consumo de ansiolíticos. Os dados são do Infarmed, numa investigação do jornal Público.

Sobre "Jornal da Uma"