"Continuação deste processo de desconfinamento é obrigatório e desejável", defende especialista

Depois da reunião que juntou vários especialistas no Infarmed, em Lisboa, chegou-se à conclusão que Portugal apresenta um tendência crescente de novos casos de covid-19, mas que essa realidade não impede que se dê o próximo passo do desconfinamento, já na próxima segunda-feira.

Carlos Robalo Cordeiro, pneumologista, considera que não faz sentido falar-se em confinamento, mas alerta que o processo de desconfinamento deve ser acompanhado.

O especialista disse ainda que é normal que o número de novos casos, bem como o R(t), aumentem, uma vez que existe uma maior circulação e proximidade entre pessoas. 

Sobre "Esta manhã"