Costa garante que decisão sobre terceira dose da vacina será da DGS

O primeiro-ministro afirmou que Portugal e a União Europeia já compraram quantidades de vacina suficientes para aplicar nessa possibilidade mas que, para já, não existe nenhuma decisão nem esboço de calendário. Essa decisão, sublinha António Costa, será no entanto das autoridades de saúde. 

Sobre "Jornal das 8"