Cova da Beira: 17 anos depois, não há culpados

Três arguidos foram absolvidos por falta de provas