Covid-19: compras online disparam e causam congestionamentos nas entregas

As compras de supermercados através da internet disparam e as grandes cadeias tiveram de adaptar-se em poucos dias a esta nova realidade. Em alguns casos, as encomendas só vão chegar a casa em meados de abril.

Para evitar estes atrasos, o Pingo Doce e o Lidl, por exemplo, vão recrutar 800 pessoas para tentar assegurar as entregas.

Sobre "Jornal da Uma"