Covid-19: foram suspensos os testes de uma das vacinas mais promissoras

Foram suspensos os testes da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca. Era uma das mais promissoras.

É precisamente esta a vacina de que o governo português tinha comprado sete milhões de doses, para garantir a aplicação o mais depressa possível.

Os ensaios identificaram uma doença grave e imprevista num dos voluntários e, por precaução, a farmacêutica decidiu suspender os testes, até haver a certeza absoluta se há alguma relação com a vacina, ou se a doença foi provocada por uma causa externa.

Sobre "Jornal das 8"