Covid-19: Governo admite pressão mas rejeita situação de rutura nos hospitais

Com o aumento do número de casos, aumenta também a pressão nos hospitais, mas o governo garante que há margem de resposta.

De acordo com o executivo, a gestão da capacidade dos hospitais é gerida dia-a-dia e com o objetivo de não comprometer a resposta aos doentes não-covid.

Sobre "Jornal da Uma"