Covid-19: Governo clarifica regras de vacinação

O Ministério da Saúde assume que é inaceitável a vacinação de pessoas que não são consideradas prioritárias.

Depois de sucessivos casos de pessoas vacinadas, que não deviam ter sido, o Ministério de Marta Temido anuncia que a partir da próxima semana haverá inspetores no terreno para verificar se estão a ser cumpridos os critérios do plano nacional de vacinação.
 

Sobre "Jornal da Uma"