Covid-19 levou 20% dos doentes do IPO de Coimbra a desistir das consultas

Durante a pandemia de Covid-19, foi notório o abrandamento de cirurgias, consultas e tratamentos no IPO de Coimbra.

Os responsáveis garantem que um em cada cinco doentes acabava por desistir das consultas e que tal terá um impacto negativo no bem-estar dos pacientes.

Sobre "Jornal da Uma"