Covid-19 levou a uma quebra de 50% nos rastreios do cancro da mama

Assinala-se esta quinta-feira o dia da saúde da mama, data que alerta para os cuidados que se devem tomar para prevenir o cancro da mama ou para detetar numa fase precoce.

O rastreio é essencial, mas devido à covid-19, os exames promovidos pela liga portuguesa contra o cancro ficaram suspensos três meses. 

Já foram retomados, mas ainda longe do número habitual de rastreios.

Sobre "Jornal da Uma"