Covid-19 na origem do fogo que desalojou milhares de migrantes

Na Grécia, a pandemia está a atingir os campos de refugiados e agravou um dramático problema humanitário. Em Lesbos, um grupo de 35 refugiados com covid-19 recusou ficar em isolamento, atitude que levou a uma resposta revoltosa, que culminou num incêndio. O fogo destruiu o campo, agravando as condições de sobrevivência de milhares de pessoas.

Sobre "Jornal das 8"