Covid-19: “Não é obrigatório fazer-se uma cesariana a não ser que haja uma razão médica”

Sílvia Roque, ginecologista e obstetra, confirma que devido à pandemia de Covid-19 estão a existir mais partos indevidos e cesarianas. Contudo, a médica especialista alerta que o facto de a grávida estar infetada com Covid-19 não obriga a que seja realizado parto por cesariana.

Sobre "Diário da Manhã"