Covid-19: quem toma a vacina não é infetado com o vírus

Os testemunhos de todos os médicos e profissionais de saúde sobre a vacinação contra a covid-19 é inequívoco: todos consideram que a vacina é segura e constitui um dever de cada um.

Acrescentam que, mesmo quem já teve a doença, apesar de estar protegido por alguns meses, não deve evitar ser vacinado, embora a escassez de vacinas signifique que estes casos não sejam prioritários.

Sobre "Jornal das 8"