Covid-19: roubo de dinheiro e identidade dispara durante a pandemia

O roubo de dinheiro e de identidade através da Internet disparou durante a pandemia: pessoas, empresas e instituições públicas foram alvo de ataques de piratas informáticos. O facto de muitos portugueses estarem em teletrabalho, está a facilitar as ações dos hackers.

As empresas devem, assim, adotar medidas de segurança online e dar formação aos trabalhadores, até porque o Ministério Público já tinha alertado para o aumento do cibercrime, a rondar os 300%, desde o início do surto de coronavírus em Portugal.

Sobre "Jornal da Uma"