Covid-19: vacina da Pfizer sofre alargamento no intervalo entre doses 

O governo confirmou que o intervalo entre tomas da vacina da Pfizer vai ser alargado para 28 dias. A ideia é proteger mais pessoas e mais depressa. Também há alterações ao grupo de prioritários.

Sobre "Jornal da Uma"