Covid-19 vai ser "doença ligeira" com "sintomas próximos de constipação"

"O que se deseja com a massiva vacinação da população é atingirmos a imunidade de grupo" e, assim, "passarmos de uma pandemia, como a vivemos atualmente, para uma situação endémica do vírus", explica à TVI Henrique Veiga-Fernandes, imunologista da Fundação Champalimaud.

Isto quer dizer que a maioria das pessoas já terá imunidade e ao longo da sua vida vão ter contactos com vírus que vão estimular ainda mais o sistema imunitário. A covid-19 passará então a ser uma "doença ligeira" com "sintomas próximos de uma constipação"

 

Sobre "Notícias"